Todos os horários

Hoje na história

06.Jun.1961

Morre o psiquiatra suíço Carl Jung

No dia 6 de junho de 1961 morria, em Küsnacht, na Suíça, Carl Gustav Jung, psiquiatra, fundador e primeiro presidente da Associação Psicoanalítica Internacional, tornando-se uma figura chave para o início da pesquisa da psicanálise. Nascido no dia 26 de julho de 1875, em Kesswil, também na Suíça, Carl Jung, inicialmente, ficou impressionado com as teorias de Sigmund Freud, o criador da psicanálise. Os dois se tornaram muito amigos, e Freud acreditava que Jung seria o seu herdeiro inquestionável na condução intelectual do movimento psicoanalítico. Ambos tinham uma diferença de idade de quase 20 anos, e Freud passou a tratar Jung quase que como um filho adotivo. Durante os seus estudos, Jung procurou fazer uma abordagem teórica e clínica com ênfase na conexão funcional entre a estrutura da pisque e suas manifestações culturais. Isso o impulsionou a incorporar em sua metodologia noções extraídas da antropologia, alquímia, dos sonhos, da arte, da mitologia, da religião e da filosofia.

 


Imagem: [Domínio público], Wikimedia Commons