Todos os horários
17.Jul.1984

Morre o poeta Jorge Guillén

Jorge Guillén nasceu em 18 de Janeiro de 1893 e faleceu em 17 de Julho de 1984. Foi um poeta espanhol integrante da Geração de 27 (grupo de escritores unidos com o objetivo de reivindicar a poesia por volta de 1927). Foi também catedrático da Universidade de Oxford (1929-1931). Ao aposentar-se, estabeleceu-se na Itália, onde contraiu segundas núpcias. Em 1976 lhe foi concedido o prêmio Miguel de Cervantes, galardão máximo para os escritores de língua espanhola. Também foi nomeado Filho Predileto de Andaluzia em 1983, um ano antes de sua morte. Entre suas obras destacam-se: Huerto de Melibea (1954), Del Amanecer y el Despertar (1956), Clamor (1957), Lugar de Lázaro, A Quien Conmigo Va (1957), Que Van a Dar en la Mar (1960), Historia Natural (1960), Las Tentaciones de Antonio (1962) e Según las Loras (1962).

 


Imagem: [CC BY-SA 2.0'], via Wikimedia Commons