Todos os horários

Hoje na história

13.Nov.1899

Morre o pintor brasileiro Almeida Junior

No dia 13 de novembro de 1899 morria o pintor José Ferraz de Almeida Júnior, em Piracicaba (SP). Considerado um dos grandes nomes da pintura brasileira, ele foi vítima de um crime passional, aos 49 anos, morto por uma apunhalada do primo, marido de Maria Laura do Amaral Gurgel, com quem o pintor manteve relacionamento secreto por anos. Durante sua carreira, pintou temas bíblicos e históricos, e, ao final, optou pela temática regionalista ou caipira, o que lhe rendeu o papel de precursor do Realismo da arte brasileira. Sua principais pinturas desta última fase são Caipira Picando Fumo (1893), Amolação Interrompida (1894) e O Violeiro (1899). Neste período, ele se aproxima do cotidiano do homem do interior, distanciando-se das fórmulas generalistas da pintura acadêmica. Nascido em Itu, em 8 de maio de 1850, ele já se destacava como pintor desde cedo. Aos 19 anos, foi ao Rio de Janeiro para completar seus estudos na Academia Imperial de Belas Artes, onde foi aluno brilhante. Após o curso, não quis concorrer a uma viagem para a Europa e voltou a Itu, onde abriu um ateliê e trabalhou como retratista e professor. Em 1876, o Imperador D. Pedro II foi ao interior paulista e ficou impressionado com seu trabalho, oferecendo pessoalmente o custeio de uma viagem à Europa. No ano seguinte, Almeida Júnior embarcava para Paris, onde estudou na École National Supérieure des Beaux-Arts. Neste período, produziu alguns dos seus melhores quadros como O Derrubador Brasileiro e Remorso de Judas (Salão de 1880), A Fuga para o Egito (Salão de 1881) e O Descanso do Modelo (Salão de 1882). De volta ao Brasil, em 1882, realizou sua primeira mostra individual na Academia Imperial de Belas Artes, exibindo a produção parisiense. No ano seguinte, abriu seu ateliê em São Paulo, e passou a contribuir para a formação de novas gerações de pintores. Artista consagrado em São Paulo, contribuiu para o amadurecimento artístico da cidade.

 


Imagem: José Ferraz de Almeida Júnior / Pinacoteca do Estado de São Paulo [Domínio público], via Wikimedia Commons