Todos os horários

Hoje na história

06.DEZ.1976

Morre no exílio o ex-presidente João Goulart

Após 12 anos vivendo no Uruguai, o ex-presidente João Goulart exilado, na cidade de Mercedes, no Uruguai, no dia 6 de dezembro de 1976. Jango foi vítima de um infarto fulminante, aos 47 anos, em sua fazenda, na fronteira entre o Brasil e o Uruguai. Nascido no dia 1o. de março de 1919 na cidade de São Borja, no Rio Grande do Sul, João Goulart era um homem que gostava da calmaria do campo. Aos 13 anos, ajudava o pai a transportar gado na fazenda da família. Passados 20 anos, estava envolvido com a política e chegou à presidência da república, assumindo o cargo após a renúncia de Jânio Quadros. Seu governo foi marcado por uma grave crise política e social, que resultou na sua deposição, em abril de 1964. Identificado como um político simpatizante ao movimento comunista, Jango sofreu oposição do Exército que, com um golpe de estado, instaurou o regime militar no Brasil. Após seu exílio, Jango não queria retornar ao país “pelos fundos”, ou seja, pela fronteira gaúcha. Ele queria voltar pelo Rio de Janeiro para só depois ir ao Rio Grande do Sul. Seu desejo, contudo, nunca se tornou realidade.

 

 


 

Imagem: By Governo do Brasil (Galeria de Presidentes) [Domínio público], via Wikimedia Commons