Hoje na história

27.Aug.2003

Morre María Esther de Miguel, escritora argentina

Maria Esther de Miguel nasceu no ano de 1930 e faleceu em 27 de agosto de 2003. Foi uma escritora argentina, considerada uma grande difusora do romance histórico. Estudou Filosofia e Letras na Universidade de Buenos Aires e Literatura italiana contemporânea em Roma. Dedicou-se ao ensino e ao jornalismo; foi diretora da revista literária Señales.

Entre suas obras se destacam: La Hora Undécima (1961), Prêmio Emecé de Novela; El Volumen de Cuentos Los que Comimos a Solís (1965), Prêmio Fundo Nacional das Artes e Municipal; Espejos y Daguerrotipos (1980), Primeiro Prêmio Municipal e Prêmio de Cultura da Província de Entre Rios; La Amante del Restaurador (1993), Prêmio Feira do Livro em 1994, Prêmio Silvina Bullrich em 1995 e Prêmio Nacional de Literatura em 1997; El General, El Pintor y la Dama (1996), Prêmio Planeta.

O romance Pueblamérica (1973) foi reeditado em 1998 com o título Violentos Jardines de América. Também é autora de uma biografia sobre a poetisa argentina Norah Lange (1991). Seus últimos romances foram: Un Dandy en la Corte del rey Alfonso (1998) e El Palacio de los Patos (2000).

 


Imagem: See page for author [Public domain or Public domain], via Wikimedia Commons