Hoje na história

16.ago.2018

Morre a cantora Aretha Franklin

A cantora Aretha Franklin, conhecida como a "Rainha do Soul", morreu em casa, em 16 de agosto de 2018, aos 76 anos. De acordo com a família, ela sofria de câncer no pâncreas. Nascida em Memphis, nos Estados Unidos, a artista cresceu em Detroit, para onde se mudou aos cinco anos. 

Filha de um pastor religioso, ela começou a cantar na igreja por volta dos 10 anos. Seus primeiros discos, gravados ainda na adolescência, foram de música gospel. Aos 18 anos, inspirada por artistas como Sam Cooke, passou a cantar música secular. Em 1961, ela lançou um álbum pela gravadora Columbia. 

Apesar de seus discos pela Columbia venderem relativamente bem, ela estava insatisfeita com a gravadora, que subestimava seu talento. Em 1966, ela assinou com a Atlantic Records e estourou nas paradas com o álbum I Never Loved a Man the Way I Love You. 

O álbum teve vários sucessos, como "Do Right Woman, Do Right Man", "(You Make Me Feel Like A) Natural Woman" e "Respect", que se tornaria um hino feminista e da luta pelos direitos civis. Nos anos seguintes, gravou outros discos clássicos como Lady Soul e Aretha Now, de onde saíram hits como "Chain of Fools" e "I Say a Little Prayer". 

Seu sucesso continuou até o início dos anos 1970, mas passou a declinar a partir daí. Nos anos 1980, mudou novamente de gravadora e recebeu o disco de platina por Who's Zoomin' Who?. Em 2009, se apresentou na posse do presidente Barack Obama. Nos últimos anos, se apresentava e gravava com menos regularidade. Sua última apresentação foi em novembro de 2017, em um evento da Elton John AIDS Foundation. Aretha foi casada duas vezes e teve quatro filhos.


 Imagem: Cecilio Ricardo, U.S. Air Force, via Wikimedia Commons