Hoje na história

30.nov.1979

Lançado o álbum "The Wall" do Pink Floyd

Um dos mais emblemáticos álbuns dos últimos tempos, "The Wall", do grupo inglês de rock progressivo Pink Floyd, era lançado como disco duplo em um dia como este, no ano de 1979. Era o 11o. álbum do grupo, que foi depois executado ao vivo com efeitos teatrais e adaptado a um longa-metragem, Pink Floyd - The Wall. O disco foi um sucesso em 1980 e atualmente é um dos mais vendidos da história, com 30 milhões de cópias.

A obra foi concebida durante a turnê "In the Flesh" (1977) pela frustração do baixista e letrista Roger Waters em relação aos espectadores. Isso se tornou tão problemático, que ele imaginou a construção de um muro entre ele o público. Essa ópera-rock é em torno do personagem Pink (inspirado em Waters) com fatos como a perda do pai na Segunda Guerra Mundial, a ridicularização que sofria na escola, a mãe superprotetora e o fim do seu casamento. Tudo isso contribuiu para o seu eventual isolamento da sociedade, representado por uma parede metafórica. Contudo, a fama surge na vida de Pink como estrela do rock. Escondido por sua parede, ele faz uma performance alucinada no palco, imaginando ser um ditador, a exemplo dos comícios nazistas, em que ele considera que os homens são seus fãs, o que ele julga algo indigno. Ele sente culpa e faz um julgamento de si mesmo. Seu interior o ordena a derrubar esse muro para voltar ao mundo exterior. Desta forma, o círculo é fechado. The Wall, certamente, apresenta um estilo mais chocante e teatral em comparação os trabalhos anteriores do Pink Floyd até então.

 


Imagem: divulgação