Agora
TRATO FEITO
10H30
TRATO FEITO
11H00
TRATO FEITO
Todos os horários

Hoje na história

13.Mar.1977

Irreverência e humor de Os Trapalhões vai ao ar na Rede Globo

Um dos programas humorísticos de maior sucesso da história da TV brasileira, Os Trapalhões foi exibido pela primeira vez na Rede Globo no dia 13 de março de 1977. A produção era transmitida aos domingos, antes do Fantástico.

 

Aquele dia 13 de março marcou o início da longa carreira de sucesso do quarteto formado por Didi, Dedé, Mussum e Zacarias. Os Trapalhões acabaria se tornando um fenômeno de popularidade e audiência no Brasil, entrando para o Guinness Book -  o livro dos recordes - como o humorístico de maior duração da televisão, com 30 anos de exibição.

 

Antes de estrear com esse nome e formação na Rede Globo, alguns integrantes do grupo já possuíam mais de 10 anos de estrada. Eles começaram em 1966, na TV Excelsior, de São Paulo, com o nome Adoráveis Trapalhões. Naquela época, apenas Didi (Renado Aragão) e Dedé (Manfried Sant'Anna) faziam parte do grupo, que contava com outros integrantes. Algum tempo depois e com a troca de alguns participantes, entraram Mussum (Antônio Carlos Bernardes Gomes, que já era conhecido como sambista de Os Originais do Samba) e Zacarias (Mauro Faccio Gonçalves). Depois, o grupo passou para a TV Record, onde o programa foi chamado Os Insociáveis. Em seguida, foram para a TV Tupi, onde o grupo ganhou o nome de Os Trapalhões, porém a emissora enfrentava dificuldades financeiras. A Rede Globo se interessou pelo programa e fez uma oferta aos humoristas para trocarem de emissora. De início, eles ficaram receosos em "perder a liberdade que tinham na Tupi", mas as negociações evoluíram e o grupo trocou de canal, onde conquistou enorme sucesso. 

 

Fora da televisão, os humoristas também realizaram mais de 20 filmes. O primeiro foi "Na Onda do Iê-Iê-Iê" (1965), apenas com Didi e Dedé. Algumas das produções dos Trapalhões estão entre as maiores bilheterias do cinema brasileiro. Entre os filmes de maior sucesso estão "O Trapalhão nas Minas do Rei Salomão" (1977), com 5,8 milhões de espectadores; "Os Saltimbancos Trapalhões" (1981), com 5 milhões; "Os Trapalhões na Guerra dos Planetas" (1978),  com 5 milhões; "O Cinderelo Trapalhão" (1979), com 4,7 milhões; "Os Trapalhões na Serra Pelada" (1982), com 4,7 milhões; "O Casamento dos Trapalhões" (1988), com 4,5 milhões; e "Os Vagabundos Trapalhões" (1982), com 4,4 milhões de espectadores.

 

Ao longo do tempo, Os Trapalhões passaram por separações, desentendimentos e reformulações, além das mortes de Zacarias (1990) e Mussum (1994). O humorístico foi extinto definitivamente em 1997.


Imagem: Reprodução.