Hoje na história

13.Feb.1633

Galileu chega a Roma para enfrentar acusações de heresia

Neste dia, no ano de em 1633, o filósofo italiano, astrônomo e matemático Galileu Galilei chegava a Roma para enfrentar as acusações de heresia por defender a teoria de Copérnico, que afirmava que a Terra girava em torno do sol. Ele foi julgado oficialmente pela Inquisição Romana em abril do mesmo ano e concordou em se declarar culpado em troca de uma sentença mais leve. O Papa Urbano VIII determinou que o cientista ficasse em prisão domiciliar por tempo indeterminado. Galileu passou o resto de seus dias em sua casa de campo em Arcetri, perto de Florença, até o dia de sua morte, em 8 de janeiro de 1642.

Galileu, filho de um músico, nasceu em 15 de fevereiro de 1564, em Pisa, Itália. Segundo alguns relatos, colocou em prática sua pesquisa sobre a queda de objetos de diferentes pesos na famosa torre inclinada de Pisa. Galileu ainda desenvolveu um telescópio que lhe permitiu observar montanhas lunares e crateras, os quatro maiores satélites de Júpiter e as fases deste planeta. Ele também descobriu que a Via Láctea era composta de estrelas. Na sequência da publicação de sua pesquisa, em 1610, Galileu ganhou fama e também foi perseguido por suas ideias. A inquisição romana tinha suas raízes na inquisição da Idade Média, e seu objetivo era procurar e processar os hereges, pessoas consideradas inimigas do estado católico por defender ideias contrárias às da igreja.

Atualmente, Galileu é amplamente reconhecido por suas importantes contribuições para o estudo do movimento e da astronomia. Seu trabalho influenciou cientistas como o matemático e físico inglês Isaac Newton, que desenvolveu a lei da gravitação universal. Em 1992, o Vaticano reconheceu formalmente o seu erro na condenação de Galileu.

 

Clique aqui e saiba mais sobre a história de Galileu Galilei


Imagem: Justus Sustermans [Public domain or Public domain], via Wikimedia Commons