Hoje na história

16.ago.1960

Estreia Psicose, de Alfred Hitchcock

Em 16 de agosto de 1960 estreava, em Nova York, o suspense Psicose (Psycho, no original em inglês), do diretor Alfred Hitchcock. Mesmo sem nenhuma cena de violência explícita, o filme causou forte impacto psicológico e é considerado uma obra-prima do cinema.

A cena mais marcante é uma sequência de 45 segundos na qual uma mulher é esfaqueada no chuveiro. São mais de 70 tomadas de câmera com cortes rápidos, montagem em ritmo alucinante e trilha sonora que aterroriza as noites de muita gente até hoje. O espectador não vê o esfaqueamento e sabe do crime porque vê o sangue escorrendo pelo ralo do chuveiro.

Inicialmente, a reação dos críticos foi negativa mas, aos poucos, a obra se consolidou com faturamento de 60 milhões de dólares nas bilheterias do mundo inteiro, quatro indicações ao Oscar em 1961, além de levar o Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante em 1961 e o Melhor Filme no Prêmio Edgar, no mesmo ano.

O roteiro foi escrito por Joseph Stefano e é inspirado na vida de Ed Gein, conhecido como o assassino canibal de Winsconsin. A principal personagem é a secretária Marion Crane (Janet Leigh), que rouba 40 mil dólares do patrão e foge.


Fonte: IMDB
Imagem: Anton Ivanov/Shutterstock.com