Hoje na história

29.set.1938

É assinado o Pacto de Munique, que entregou a Checoslováquia para Hitler

No dia 29 de setembro de 1938, pouco antes da meia-noite, era assinado o Pacto de Munique, após reunião entre o líder nazista Adolf Hitler, o ditador italiano Benito Mussolini e os primeiros-ministros da França, Edouard Daladier, e do Reino Unido, Arthur Neville Chamberlain. O acordo, resumidamente, sacrificou a soberania da Checoslováquia por conta de uma paz de curtíssimo prazo. Embora a intenção do acordo fosse entregar a Hitler apenas os Sudetos (cadeia de montanhas na fronteira entre República Checa, Polônia e Alemanha), Chamberlain também cedeu 66% do carvão tcheco, 70% do ferro e do aço e 70% da energia elétrica. Desta maneira, a nação checa ficou completamente na mão dos alemães, e Hitler acabou anexando outras zonas que não estavam previstas no acordo. Chamberlain, o grande incentivador do acordo, ficou na embaraçosa situação de declarar guerra contra a Alemanha no ano seguinte por conta da invasão da Polônia pelas tropas de Hitler. Considerado um líder fraco, ele foi sucedido por Winston Churchill no cargo de primeiro-ministro britânico.

 


Imagem: Bundesarchiv, Bild 183-R69173 / CC-BY-SA [CC BY-SA 3.0 de], via Wikimedia Commons