Agora
DESAFIO SOB FOGO
22H40
O SÓCIO
23H35
O SÓCIO
Todos os horários

Hoje na história

13.Aug.1822

Dona Leopoldina é nomeada chefe do Conselho de Estado e Princesa-Regente Interina do Brasil

Em um dia como este, no ano de 1822, D. Leopoldina era nomeada chefe do Conselho de Estado e Princesa Regente Interina do Brasil por D. Pedro. Ela ganhou poderes para governar o país durante a sua ausência e partiu para apaziguar a crise política em São Paulo - que em setembro culminaria na proclamação da lndependência do Brasil, em setembro.

D. Leopoldina teve grande foi sua influência no processo de independência. Os brasileiros já estavam cientes de que Portugal pretendia chamar D. Pedro de volta, rebaixando o Brasil ao estatuto de colônia. Havia temores de que uma guerra civil separasse a Província de São Paulo do resto do Brasil.

Sem tempo para aguardar o retorno de D. Pedro, D. Leopoldina reuniu-se na manhã de 2 de setembro de 1822 com o Conselho de Estado, assinou o decreto da Independência, declarando o Brasil separado de Portugal. A imperatriz também exige que D. Pedro proclame a Independência do Brasil.

Enquanto aguardava o retorno de D. Pedro, Leopoldina também tratou de idealizar a bandeira do Brasil, em que misturou o verde da família Bragança e o amarelo ouro da família Habsburgo. Ela foi coroada imperatriz em 1 de dezembro de 1822, na cerimônia de coroação e sagração de D. Pedro I.

 

 


Imagem: Joseph Kreutzinger [Domínio público], via Wikimedia Commons