Hoje na história

13.DEZ.2003

Ditador do Iraque durante 24 anos, Saddam Hussein é capturado

No dia 13 de dezembro de 2003, o então ex-ditador do Iraque, Saddam Hussein, era capturado pela coalizão liderada pelos Estados Unidos e Reino Unido que havia invadido o país. Ele era procurado fazia nove meses e foi encontrado dentro de um esconderijo subterrâneo em Al Daur, a  15 km ao sul de Tikrit, sua cidade natal. O ex-líder não ofereceu resistência e apresentava uma longa barba.

O Partido Baath, de Saddam, foi dissolvido e um governo transitório foi montado para que país adotasse um sistema político democrático. Após sua captura, Saddam foi julgado no dia 5 de novembro de 2006 e considerado culpado pelo assassinato de 148 xiitas iraquianos, em 1982. Como punição, o ex-ditador e foi condenado à morte por enforcamento. A execução aconteceu no dia 30 de dezembro de 2006.

Saddam Hussein foi presidente do Iraque entre 1979 e 2003, ano em que foi deposto do poder após a invasão do país. Forças do ocidente invadiram o Iraque por conta da acusação do presidente dos EUA, George W. Bush, de que o líder iraquiano possuía armas de destruição em massa e tinha ligações com a Al-Qaeda. Depois dos atentados de 11 de setembro de 2011, o regime de Hussein se transformou em um dos objetivos prioritários do governo dos Estados Unidos. Após liquidar o regime Talibã, no Afeganistão, os Estados Unidos direcionaram seu arsenal bélico para Bagdá, e Hussein deveria aceitar o retorno dos inspetores da ONU. No entando, apesar da relativa cooperação de Hussein, no dia 20 de março de 2003, os Estados Unidos deram início a um ataque ao território iraquiano, fora das resoluções da ONU e que recebeu oposição da opinião pública internacional. Em 9 de abril de 2003, foi tomada a capital iraquiana e com ela o regime de Hussein.

Nascido na cidade de Tikrit no dia 28 de abril de 1937, Saddam Hussein foi uma das principais lideranças ditatoriais no mundo árabe. No início dos anos 70, ele nacionalizou o petróleo e outras industrias. Com o lucro do petróleo, a economia do Iraque cresceu em um ritmo acelerado. O ex-ditador também colocou os bancos estatais sob seu controle. Ele esteve à frente do poder durante a Guerra Irã-Iraque, de 1980 a 1988. Em 1990, invadiu o Kuwait, no que deu origem à Guerra do Golfo de 1991. Internamente, Saddam também sempre reprimiu com a força os movimentos contrários ao seu governo, mantendo-se assim no poder.

 

 


 

Imagem: See page for author [Public domain], via Wikimedia Commons