setembro 2017

set 09

Ocorre a Batalha da Floresta de Teutoburg, a "maior derrota de Roma"

09.Set.0009
Ler mais
leer menos

Um dos países mais isolados do mundo, Coreia do Norte conquista independência

 

Considerado um dos países mais isolados do mundo, a Coreia do Norte obteve sua independência em um dia como este, no ano de 1948. A República Democrática Popular da Coreia é um país unipartidário, liderado pelo Partido dos Trabalhadores da Coreia. 

A Coreia do Norte é oficialmente uma república socialista, mas muitos líderes a consideram uma ditadura totalitarista. O governo segue a ideologia juche, desenvolvida por Kim Il-sung, ex-líder do país. Juche tornou-se a ideologia oficial do Estado quando o país adotou uma nova constituição, em 1972. A pátria sofre com embargo econômico por conta da insistência na realização de testes com armas nucleares.

 

Após a Segunda Guerra Sino-Japonesa e a Guerra Russo-Japonesa, a Coreia foi dominada pelo Japão (1910-1945). No final da Segunda Guerra Mundial, as forças japonesas se renderam aos soviéticos, que ocuparam o norte da Coreia (atual Coreia do Norte), e aos Estados Unidos, que ocuparam a parte sul (atual Coreia do Sul). Depois da divisão, os soviéticos apoiaram a ascensão ao poder do guerrilheiro antijaponês Kim Il-sung. No sul, o político de direita, Syngman Rhee, foi nomeado como presidente.

 

Dois anos após sua independência, a Coreia do Norte invadiu a Coreia do Sul, dando início à Guerra da Coreia. O Conselho de Segurança das Nações Unidas interviu com uma força liderada pelos Estados Unidos. O armistício ocorreu em 1953, após a morte de 2,5 milhões de pessoas no conflito.

 

 

 

Imagem: Mark Scott Johnson from Sydney, Australia (IMG_5456) [CC BY 2.0], via Wikimedia Commons

09.Set.1948
Ler mais
leer menos