Filtrar

Login

O inicia sesion con...

History Logo
Aplicar

HOJE É O ANIVERSÁRIO DE: 0

El envio se ha realizado con éxito

Cerrar
Enviales que paso el día de tu cumple
  • Josefina Maier
  • Stanislas Wawrinka
  • Alejandro Giardino
  • Paul Simonon
  • Joe Strumer
Enviar

julho 2017

28 de julho
1938 D.C.

Lampião e Maria Bonita são mortos e decapitados

Quinta, Julho 28, 1938 D.C.

No dia 28 de julho de 1938, Lampião e sua companheira Maria bonita foram capturados e mortos pela polícia, em Poço Redondo, no sertão de Sergipe, ambos tiveram suas cabeças decepadas e expostas ao público para servir de exemplo. Além dele,...Ler mais

No dia 28 de julho de 1938, Lampião e sua companheira Maria bonita foram capturados e mortos pela polícia, em Poço Redondo, no sertão de Sergipe, ambos tiveram suas cabeças decepadas e expostas ao público para servir de exemplo. Além dele, também morreram outros cangaceiros.

Nascido no dia 4 de junho de 1898, Virgulino Ferreira da Silva ficou mais conhecido como Lampião, o Rei do Cangaço. A exata data do seu nascimento gera muitas controvérsias, mas em sua certidão de batismo a data de 4 de junho consta como o dia do seu nascimento, em Serra Talhada (PE).

Lampião começou a liderar um bando de cangaceiros em 1922 e, a partir daí, passou a viver de saques a fazendas e doações forçadas de comerciantes. Por conta dos seus atos, era procurado pela polícia. Em 1930, conheceu Maria Déia, a Maria Bonita, que ingressou no bando, tornando-se mulher de Lampião. Em 1932, nasceu a filha do casal, Expedita Ferreira.

 

Imagem: Benjamin Abrahão Botto/ABr [Domínio público], via Wikimedia Commons

leer menos
1914 D.C.

Áustria-Hungria declara guerra à Sérvia e dá início à Primeira Guerra Mundial

Terça, Julho 28, 1914 D.C.

No dia 28 de julho de 1914, um mês após o assassinato do arquiduque Franz Ferdinand da Áustria e sua esposa por um nacionalista sérvio em Sarajevo, a Áustria-Hungria declarou guerra à Sérvia, efetivamente começando a Primeira Guerra...Ler mais

No dia 28 de julho de 1914, um mês após o assassinato do arquiduque Franz Ferdinand da Áustria e sua esposa por um nacionalista sérvio em Sarajevo, a Áustria-Hungria declarou guerra à Sérvia, efetivamente começando a Primeira Guerra Mundial.

Ameaçada pelas ambições sérvias na tumultuada região dos Bálcãs da Europa, a Áustria-Hungria determinou que a resposta adequada para os assassinatos era uma possível invasão militar da Sérvia. Depois de garantir o apoio incondicional de seu poderoso aliado, a Alemanha, a Áustria-Hungria enviou um ultimato à Sérvia no dia 23 de julho, exigindo, entre outras coisas, que toda a propaganda anti-Áustria na Sérvia fosse eliminada, e que a Áustria-Hungria pudesse conduzir sua própria investigação do assassinato do arquiduque. Embora a Sérvia tivesse aceitado todas as exigências da Áustria com exceção de uma, o governo austríaco rompeu relações diplomáticas com o país em 25 de julho e seguiu com sua preparação militar. Enquanto isso, preparada para uma crise iminente, a Rússia, defensora da Sérvia nos Bálcãs, deu seus passos iniciais para a mobilização militar contra a Áustria.

Nos dias seguintes, a ruptura das relações entre austríacos e sérvios, era vista com apreensão pelo resto da Europa, incluindo os aliados da Rússia, a Grã-Bretanha e a França, que temiam a eclosão de um conflito nos Bálcãs e, que, consequentemente, pudesse explodir em uma guerra geral na Europa. No dia 28 de julho, depois de uma decisão tomada de forma conclusiva no dia anterior em resposta à pressão da Alemanha para uma rápida ação - apesar de que o Czar Nicolau II, que, de acordo com alguns relatos, ainda via a possibilidade de uma solução diplomática e pacífica para o conflito, sua posição foi atropelada pela liderança militar e governamental mais linha dura da Alemanha. Desta maneira, a Áustria-Hungria declarou guerra à Sérvia. Em resposta, a Rússia ordenou formalmente a mobilização militar próximo da Galícia, o fronte comum com o Império Austro-Húngaro. Naquela noite, as divisões de artilharia austríacas iniciaram um breve bombardeio, ineficaz contra Belgrado através do rio Danúbio.

No dia 1 º de agosto, a Alemanha declarou guerra à Rússia. Aliada da Rússia, a França ordenou a sua própria mobilização geral no mesmo dia, e, no dia 3 de agosto, a França e a Alemanha declararam guerra um ao outro. Quando exército alemão invadiu a neutra Bélgica, no dia 4 de agosto, a Grã-Bretanha declarou guerra à Alemanha. Assim, no verão de 1914, as principais potências do mundo ocidental, com exceção dos Estados Unidos e da Itália, que declararam sua neutralidade naquele momento, entraram de cabeça na Primeira Guerra Mundial.

 

Imagem: [CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons

leer menos
1823 D.C.

Maranhão adere à independência do Brasil

Segunda, Julho 28, 1823 D.C.

Apenas no dia 28 de julho de 1823 o Maranhão aderiu à independência do Brasil, ocorrida no dia 7 de setembro do ano anterior. A resistência da região ocorreu por força das elites agrícolas e pecuaristas, fortemente conectadas à metrópole....Ler mais

Apenas no dia 28 de julho de 1823 o Maranhão aderiu à independência do Brasil, ocorrida no dia 7 de setembro do ano anterior. A resistência da região ocorreu por força das elites agrícolas e pecuaristas, fortemente conectadas à metrópole. Na época, o Maranhão era uma das mais ricas áreas do Brasil. Com forte cunho conservador, as elites locais eram avessas às ordens vindas do Rio de Janeiro. Contudo, a resistência à independência do Brasil durou até a Batalha do Jenipapo, no Piauí, que foi definitiva para a consolidação do território nacional. São Luís, a capital, foi bloqueada por mar e ameaçada de bombardeio, sendo obrigada a aceitar a independência. O apoio à Coroa resultou no abandono e descaso com a região do Maranhão, que ficou fadada ao empobrecimento.

 


Imagem: TUBS [CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons

leer menos

Páginas

Loading