julho 2017

jul 23

Nasce Slash, guitarrista da banda Guns N’ Roses

No dia 23 de julho de 1965 nascia em Londres, na Inglaterra, Saul Hudson, mais conhecido como Slash, que ganhou fama com a banda norte-americana Guns N’ Roses e é considerado um dos melhores guitarristas do mundo. Em 1985, entrou para o Guns N’ Roses e ganhou reconhecimento mundial por riffs e músicas como “Sweet Child o’ Mine” e “Welcome to the Jungle”.O último show de Slash com o GnR foi em 17 de julho de 1993 e, depois de um período afastado, ele anunciou, em 1996, que não era mais um membro da banda. Depois do Guns, ele formou vários grupos, incluindo a Slash’s Snakepit, uma banda de covers de blues chamada Slash’s Blues Ballo e a Velvet Revolver. Slash também lançou três discos solos, em 2010, 2012 e 2014, e realizou turnês mundiais.Em 2001, aos 35 anos, foi diagnosticado com cardiomiopatia, causada por anos de uso de álcool e drogas. Foram dadas ao guitarrista apenas duas semanas de vida, mas ele teve um desfibrilador implantado e, superando as expectativas, conseguindo sobreviver. Ele tem estado sóbrio desde 2006 e, em 2007, publicou sua autobiografia, intitulada simplesmente “Slash”.No início de 2016, confirmando os rumores, Slash anunciou seu retornou ao Guns 20 anos depois de deixar a banda. Outro membro, Duff McKagan, também anunciou sua volta na mesma época. Os três não tocavam juntos desde 1993. A volta oficial ocorreu em um show surpresa para aproximadamente 500 espectadores sortudos no Troubadour, em West Hollywood, nos Estados Unidos. Foi no dia 1 de abril. Poderia ser mentira, mas não era. A internet quase foi abaixo neste dia.Veja a biografia completa de Slash. Imagem: yakub88/Shutterstock.com

23.Jul.1965
Ler mais
leer menos

O Guns N’ Roses tem seu estouro com “Sweet Child O’ Mine”

Nos anos 80, Los Angeles era uma Meca para os chamados grupos de “glam-rock” e para o estilo de vida “sexo, drogas e rock ‘n’ roll”, ao qual essas bandas eram associadas. Em qualquer noite, em clubes como o Troubadour e o Whisky a Go Go, você podia não só ouvir grupos como Hanoi Rocks e Mötley Crue, ou, depois, Winger e Warrant, mas também testemunhar a expressão desse estilo de vida, um dos mais decadentes já vistos no mundo da música. A ascensão de bandas grunge, como Nirvana, e do rock alternativo colocou definitivamente um fim a essa cena no início dos anos 90, mas, antes, ela teve um grande estouro: o Guns N’ Roses, a banda que teve seu primeiro hit em 23 de julho de 1988, quando seu primeiro single de sucesso, “Sweet Child O’ Mine” entrou para o Top 40 da Billboard. Para os caras de grupos de pop-metal, como o Poison, o Guns N’ Roses pode ter parecido, à primeira vista, apenas outros colegas de cabelos longos, mas Axl Rose e os membros restantes da formação clássica do GN’R – Slash, Izzy Stradlin, Duff McKagan e Steven Adler – estavam interessados em um rock ‘n’ roll muito mais cru, raivoso e direto do que o que as bandas de pop-metal estavam tocando. Formado originalmente das cinzas de outros dois conjuntos – L.A. Guns e Hollywood Rose –, o Guns N’ Roses tocava um estilo que devia muito mais ao hard rock puro dos anos 70 que ao heavy metal pomposo dos anos 80. Contratados pela Geffen em 1986, o GN’R lançou seu primeiro álbum, “Appetite for Destruction”, no verão seguinte e com seu single de estreia “Welcome to the Jungle”. “Appetite for Destruction” viria a ser 15 vezes Disco de Platina, e “Welcome to the Jungle” se tornaria um sucesso Top 10 imensamente popular. Mas tanto o álbum quanto o primeiro single não foram hits imediatos. Foi necessário quase um ano de turnê e o lançamento de um segundo single, “Sweet Child O’ Mine”, para garantir ao Guns N’ Roses um lugar na história da música. Construída a partir de um riff de abertura que Slash, o guitarrista do GN’R, considerou uma ideia boba, “Sweet Child O’ Mine” acabou virando não apenas um hit #1 em 23 de julho de 1988, mas também um verdadeiro clássico do rock. Incluída nas listas de “melhores músicas” da Rolling Stones, Blender, RIAA, BBC e outros meios e revistas, “Sweet Child O’ Mine” alçou o Guns N’ Roses ao estrelato e fez com que baladas poderosas, como “Every Rose Has its Thorn”, do Poison, parecessem anêmicas em comparação. Imagem: Delusion23 [CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons 

23.Jul.1988
Ler mais
leer menos

Nasce Giuseppe Martinelli

O empresário Giuseppe Martinelli nasceu em Lucca, na Itália, no dia 23 de julho de 1870. O imigrante italiano, que trabalhava como pedreiro em sua terra natal, desembarcou no Porto de Santos vinte e três anos depois. Nas décadas seguintes ele construiria uma das maiores fortunas do Brasil. Em 1893, ano de sua chegada ao país, Martinelli se estabeleceu em São Paulo, onde começou trabalhando como açougueiro. Mas foi em Santos que ele fundaria, em 1917, seu primeiro grande negócio, a empresa de navegação Lloyd Nacional. A empresa foi fundada quando o italiano viu a oportunidade de transportar produtos agrícolas entre nosso pais e a Europa durante a Primeira Guerra Mundial.Em seguida, o empresário investiria na construção civil. Em 1924 ele deu início ao seu empreendimento mais célebre, o Edifício Martinelli, o primeiro arranha-céu de São Paulo. A construção do edifício foi cercada de polêmicas. Originalmente projetado para ter 12 andares, ele acabou sendo finalizado com 30 pavimentos. Por muitos anos, foi o prédio mais alto da América Latina.O Edifício Martinelli é o grande legado do empresário para São Paulo.  O autor do projeto foi o arquiteto húngaro William Fillinger, da Academia de Belas Artes de Viena. O prédio se destacava pela arquitetura moderna e pelo luxo.  Todo o cimento usado na construção foi importado da Noruega e Suécia.  Em 1934, o Comendador Martinelli teve que vender o prédio para o governo da Itália, devido aos problemas financeiros que o empresário teve durante a construção do edifício. Em 1943, com a declaração de guerra do Brasil ao eixo, todos os bens italianos foram confiscados e o prédio Martinelli passou a ser propriedade da União.  Imagem: Condomínio Edifício Martinelli/Divulgação

23.Jul.1870
Ler mais
leer menos