Filtrar

Login

O inicia sesion con...

History Logo
Aplicar

HOJE É O ANIVERSÁRIO DE: 0

El envio se ha realizado con éxito

Cerrar
Enviales que paso el día de tu cumple
  • Josefina Maier
  • Stanislas Wawrinka
  • Alejandro Giardino
  • Paul Simonon
  • Joe Strumer
Enviar

maio 2017

23 de maio

The Who lançada Tommy, a primeira ópera rock

23-05-1969

No dia 23 de maio de 1969, o The Who lançou Tommy, o quarto álbum duplo de estúdio do grupo e o primeiro trabalho musical classificado como uma ópera rock. A ópera foi composta por Pete Townshend (guitarrista), com duas faixas de John...Ler mais

No dia 23 de maio de 1969, o The Who lançou Tommy, o quarto álbum duplo de estúdio do grupo e o primeiro trabalho musical classificado como uma ópera rock. A ópera foi composta por Pete Townshend (guitarrista), com duas faixas de John Entwistle (baixista). Um blues de Sonny Boy Williamson II também foi incluído. O álbum é considerado um verdadeiro marco na história do rock e dos músicais.

O disco foi um sucesso e, em 1975, transformado em filme. O elenco é estelar, com a participação de Elton John, Tina Tunner, Eric Clampton, Oliver Reed e Jack Nicholson, além dos integrantes do The Who.

Tommy é a biografia fictícia de Tommy Walker, um menino traumatizado pelo testemunho do assassinato do seu pai pelo amante da mãe. Como resultado, Tommy se torna cego, surdo e mudo, mas, curiosamente vira campeão de…. Pinball!. Ele vive em seu próprio mundo e tem a infância marcada por um péssimo ambiente familiar. O menino, um dia, é curado por um médico, mas, ao que tudo indica, isso poderá não durar muito. No meio desta história, há muita crítica social e doses extras de psicodelia.

 

Imagem: Jim Summaria [CC BY-SA 3.0], Wikimedia Commons

leer menos

Ana Bolena é coroada rainha da Inglaterra

23-05-1533

Ana Bolena foi a segunda esposa de Enrique VIII, rei da Inglaterra. Era filha de sir Thomas Bolena (Boleyn) e de Isabel Howard, filha do duque de Norfolk. Após passar os anos 1519 a 1521 na corte francesa, Ana regressou à Inglaterra e foi...Ler mais

Ana Bolena foi a segunda esposa de Enrique VIII, rei da Inglaterra. Era filha de sir Thomas Bolena (Boleyn) e de Isabel Howard, filha do duque de Norfolk. Após passar os anos 1519 a 1521 na corte francesa, Ana regressou à Inglaterra e foi cortejada pelo próprio rei. Depois Enrique se casou com Ana em segredo em janeiro de 1533; Ana foi coroada em 23 de maio desse ano. No dia 2 de maio de 1536, Ana foi presa na Torre de Londres, acusada de manter relações com seu próprio irmão, assim como com outros três cavaleiros da câmara privada e com um músico da corte, e também de conspirar com estes homens contra a vida do rei. Os quatro homens foram julgados no dia 12 de maio e Ana e seu irmão três dias mais tarde. Finalmente todos foram acusados de alta traição. A culpabilidade de Ana nunca pôde ser provada. O tio de Ana, Thomas Howard, terceiro duque de Norfolk, presidiu o tribunal que a condenou à morte. Em 17 de maio o músico foi enforcado e os outros quatro homens decapitados. Dois dias depois Ana foi para o cadafalso.

 


Imagem: [Domínio público], via Wikimedia Commons

 

 

Clique aqui e saiba mais sobre a história de Ana Bolena

leer menos

Estudantes são mortos por tropas federais em São Paulo

23-05-1932

No dia 23 de maio de 1932, quatro estudantes foram mortos em São Paulo pelas tropas federais, o que serviu de estopim para a Revolução Constitucionalista de 1932. Por conta da morte dos jovens criou-se a sigla M.M.D.C. com os nomes dos...Ler mais

No dia 23 de maio de 1932, quatro estudantes foram mortos em São Paulo pelas tropas federais, o que serviu de estopim para a Revolução Constitucionalista de 1932. Por conta da morte dos jovens criou-se a sigla M.M.D.C. com os nomes dos estudantes que perderam a vida - Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo. Além disso, essa sigla também ficou conhecida como o levante revolucionário paulista. Em 1932, o Brasil vivia um momento conturbado durante a presidência de Getúlio Vargas, que governava sem uma constituição formal que delimitasse seus poderes. Essa situação desagradava a elite paulista, e os estudantes realizaram uma série de manifestações. Um grupo tentou invadir a sede de uma organização favorável ao regime de Getúlio, e quatro dos invasores foram assassinados. Um quinto estudante foi ferido - Orlando de Oliveira Alvarenga – que morreu três dias depois e, por causa disso, o seu nome não foi ligado ao movimento. Os nomes completos dos outros estudantes eram Mário Martins de Almeida, Euclides Miragaia, Dráusio Marcondes de Sousa e Antônio Camargo de Andrade. Atualmente, a cidade de São Paulo homenageia todos os estudantes com nomes de ruas, assim como datas da revolução. Na capital paulista, as ruas Martins, Miragaia, Dráusio, Camargo, Alvarenga e MMDC se intercruzam no bairro do Butantã. Além disso, duas importantes vias da metrópole são chamadas de 23 de Maio e 9 de Julho, data do início da Revolução Constitucionalista.

 


 

Foto: See page for author [Public domain], via Wikimedia Commons

leer menos

Páginas

TRATO FEITO

Loading