Todos os horários

China inaugura o primeiro coletivo que viaja por cima dos carros

O ônibus tem capacidade para 300 pessoas e promete revolucionar o transporte público. Brasil também discute aderir à novidade.

A China acaba de tornar realidade um conceito próprio da ficção científica ao inaugurar um coletivo que circula por cima dos automóveis. Trata-se de um sistema chamado Transit Elevated Bus (TEB), que fez sua primeira viagem de teste na cidade de Qinhuangdao e promete revolucionar o transporte público.

O ônibus, movido a eletricidade, possui 21,9 metros de comprimento e 7,6 de largura. Apesar de, no momento, ser um veículo com capacidade para transportar somente 300 pessoas, estima-se que outras unidades serão adicionadas, permitindo mais passageiros. Quando estiver definitivamente em funcionamento, esse coletivo alcançará uma velocidade de 63 km/h.

Embora a China seja pioneira nesse novo conceito de transporte público, na França, na Índia e também no Brasil já se fala na possibilidade de criar uma versão própria dessa invenção fabulosa.


Fonte: techcrunch.com
Imagem: frame vídeo

As assombrosas previsões de “De Volta para o Futuro 2” que hoje são realidade

Mesmo que ainda estejamos esperando por automóveis voadores e outras tecnologias futuristas que os realizadores de “De Volta para o Futuro 2” previram, alguns de seus presságios realmente aconteceram.

Além da célebre Hoverboard, a prancha antigravidade com a qual Marty McFly desliza pelos cenários futuristas de “De Volta para o Futuro 2”, que já possui protótipos reais em funcionamento, são muitos os equipamentos profetizados pelo fime que existem hoje em dia.

Um claro exemplo disso são as telas planas que, em 1989, quando o filme foi lançado, eram irrealizáveis e hoje formam parte de qualquer cenário urbano, doméstico ou comercial. Existem hoje também as tecnologias de videoconferência, como o Skype, antecipadas pelos roteiristas há 26 anos, quando ninguém mais as imaginava. O mesmo acontece com os leitores universais de cartão, que permitem que um único cartão sirva para pagar o pedágio, fazer operações bancárias ou realizar compras, entre muitas outras funções.

Também foi antecipada a criação de hologramas, não somente para fazer a publicidade de filmes 3D, mas para centenas de outras aplicações. A tecnologia biométrica é outra das grandes premonições de “De Volta para o Futuro 2”, que hoje está presente em nossas vidas por meio de dispositivos que conseguem identificar uma pessoa mediante o scan de suas impressões digitais, da íris do olho ou das configurações do rosto.

Um capítulo à parte merecem os famosos Wearables, ou dispositivos eletrônicos que são vestidos, como relógios inteligentes ou o óculos Google Glass. A roupa inteligente está hoje conquistando o planeta com tecidos que são capazes de se secar automaticamente ou que repelem água, manchas e sujeira.

Porém, há duas previsões ainda pendentes: os tênis autoajustáveis, com cadarços que se amarram sozinhos - a empresa Nike anunciou o lançamento dos tênis de “De Volta para o Futuro 2” ainda para este ano - e também os carros que voam livremente pelas cidades, algo que, por equanto, ainda é longe de se tornar algo tão popular como no clássico filme. 

Veja abaixo um trecho com as melhores cenas do filme:

CLIQUE AQUI E AJUDE A PRESERVAR PAISAGENS INCRÍVEIS.

Fonte: Newsweek

Imagem: Reprodução YouTube

TRANSPORTE DO FUTURO

Neste episódio viajaremos à Áustria para experimentar a Johammer, uma motocicleta elétrica totalmente reciclável. Depois cruzaremos o oceano até San Francisco para conhecer o Oru, um caiaque tipo origami, que pode ficar do tamanho de uma mala. A bicicleta todo terreno Rungu ganha uma terceira roda, enquanto a empresa Hendo lança um olhar ao futuro da energia eletromagnética, projetando um Hoverboard que flutua.