Todos os horários

Primeiro robocop do mundo é criado em Dubai

O primeiro agente-robô  deve entrar em operação no próximo mês! 

Vídeo relacionado:
Em 2015, Dubai havia anunciado que planejava formar a primeira tropa de segurança com agentes robotizados entre suas fileiras. Para isso, era necessária a criação de androides com a capacidade, entre outras, de falar vários idiomas, para que pudessem auxiliar os turistas em áreas comerciais.

O mais surpreendente é que essa ideia está a ponto de se concretizar no próximo mês, quando o primeiro agente robotizado começará a patrulhar as ruas da cidade. O coronel Khaled Nasser Al Razzuqi, diretor da Administração de Serviços Inteligentes da Polícia, declarou que, para 2030, espera-se um contingente de 25% de robôs e a abertura da primeira estação inteligente da polícia que não mais necessitará de oficiais humanos.

A expectativa das autoridades é que Dubai se transforme em uma das cinco cidades mais seguras do mundo até 2025.


Fonte e Imagem: RT

'Malware' cerebral: hackers estão a um passo de ler mentes

A guerra pela privacidade dos dados é praticamente uma batalha perdida para aqueles que acessam, mesmo que uma única vez, um website e fornecem seu nome e sobrenome.

Basta um clique para que os motores de busca e os hackers já tenham acesso a milhares de informações sobre cada pessoa. Com a criação de interfaces que conectam a mente humana a um aparelho, essa guerra se estende à esfera do pensamento.

Cientistas da Universidade de Washington, nos EUA, afirmaram que, com a criação dessa tecnologia de interfaces, cuja origem está nos aparelhos de encefalograma, existe a possibilidade de os hackers utilizarem esse meio para roubar informações pessoais. Isso pode ocorrer no momento em que os usuários estejam, por exemplo, jogando com os dispositivos que se conectam à sua cabeça, uma vez que estes recebem os sinais emitidos pelo cérebro.

Segundo os especialistas, nas sessões do jogo podem existir imagens que aparecem e desaparecem abruptamente, o que provoca reações involuntárias nos usuários, as quais são estudadas pelos hackers, revelando informações sobre suas preferências políticas e sexuais. “Isso é como um detector de mentiras à distância, um detector de pensamento”, explica Howard Chizeck, pesquisador da universidade, que afirmou que se não forem criadas rapidamente leis para proteger a privacidade, será tarde demais para evitar os ataques de hackers.

 



Fonte: Motherboard
Imagem: Shutterstock.com

Vírus do chamado Projeto Sauron coloca em xeque a segurança mundial

Desde 2011, existe um vírus complexo e sofisticado que ataca a segurança cibernética de agências governamentais, organizações militares e centros de pesquisa.

Chamado de Projeto Sauron, ele já afetou 30 alvos diferentes no mundo todo, como o Irã, Ruanda, China, Rússia, Bélgica e Suécia, de acordo com um relatório publicado pela empresa de segurança com sede nos EUA, Symantec, e o Laboratório Kaspersky, na Rússia,

“O grupo utiliza um vírus avançado conhecido como Remsec para realizar seus ataques”, afirmou um porta-voz da Symantec. Além disso, um representante do Kaspersky afirmou que esse ataque facilita ações de ciberespionagem. O obstáculo principal colocado por esse vírus para não ser detectado é que ele tem a capacidade de deixar diferentes vestígios nas suas vítimas, por isso é impossível seguir um padrão para ajudar os pesquisadores a encontrar e prevenir outros ataques.

O vírus permite ao invasor acessar o computador afetado e roubar a informação que quiser. Embora os especialistas dessas empresas de segurança tenham conseguido avançar na pesquisa, ainda não foi possível encontrar uma forma de evitar que a segurança cibernética mundial esteja a salvo de seu ataque.




Fonte: ABC

Imagem: GlebStock/Shutterstock.com

SEGURANÇA

Os rapazes andam em um ritmo diferente quando um cliente lhes apresenta um tambor da Guerra Civil. Depois, um homem chega à loja com um uniforme de um dos primeiros clubes de motocicleta dos Estados Unidos. Mais tarde, quando o segurança da loja tem que tirar uns dias fora, Chumlee se oferece para ficar no seu lugar. Será que Rick vai aceitar este risco?

Os rapazes andam em um ritmo diferente quando um cliente lhes apresenta um tambor da Guerra Civil. Depois, um homem chega à loja com um uniforme de um dos primeiros clubes de motocicleta dos Estados Unidos. Mais tarde, quando o segurança da loja tem que tirar uns dias fora, Chumlee se oferece para ficar no seu lugar. Será que Rick vai aceitar este risco?

Espetacular teste de resistência: um AK-47 contra um Mercedes-Benz GL blindado [Vídeo]

Apresentamos a você um vídeo impressionante, no qual é possível ver um poderoso Mercedes-Benz GL blindado ser fuzilado por um AK-47 soviético e resistir como se tivesse sido atingido por balas de borracha. Dando um passo mais além, um homem se senta ao volante durante o tiroteio e aparenta não sentir qualquer tipo de medo, em um verdadeiro teste de confiança (assista ao vídeo no final do texto).

É bastante amplo o campo dos carros blindados, ou seja, veículos projetados tecnologicamente para dar máxima segurança possível na hora de transportar representantes do mundo político ou qualquer personalidade que, por qualquer motivo de risco, necessite de proteção adicional. Geralmente, esse tipo de carro possui grandes dimensões e um peso que pode ser o triplo de um veículo convencional, o que torna indispensável o uso de motores poderosos, feitos pelas melhores indústrias automotivas.

Entre verdadeiras lendas da segurança blindada se destacam o BMW X5 Security Plus, o Audi A8 L Security, ou a série Guard da Mercedes-Benz, com até sete modelos diferentes, como o Classe S 600 Guard e o Classe E Guard. De qualquer modo, tratam-se de verdadeiros titãs do asfalto.

Fonte: autonocion.com 

"Ebola virtual" tem deixado especialistas aterrorizados

Em um mundo hiperconectado, os vírus e quaisquer fenômenos de transmissão têm um poder extremo e podem causar situações difíceis de serem controladas. Esse é o caso do Cryptolocker, o vírus informático que colocou em xeque os maiores especialistas do ramo. Esse malware é indecifrável e possui um grande poder desestabilizador, já que, devido à sua capacidade de criptografar o disco rígido, pode bloquear e/ou sequestrar toda a informação de, por exemplo, um banco, um ministério ou um exército.

A primeira notícia do Criptlocker surgiu há pouco menos de um ano, quando apareceu no computador de um cidadão do País Basco. Desde então, sua propagação tem sido contínua, e os esforços dos especialistas-detetives em informática, vãos. Depois de tomar conta de um sistema, uma tela oferece ao usuário afetado a recuperação da informação perdida mediante o pagamento de alguns milhares de reais, a serem transformados em bitcoins. Os especialistas advertem que, embora pareça tentadora a possibilidade de recuperar o que se imaginava irrecuperável, não devemos cair na armadilha: se os sequestradores de fato devolvessem as informações, seria muito fácil encontrá-los.

A chave utilizada pelo vírus é um algoritmo complexo, de 30 caracteres de diferentes alfabetos, provavelmente feita por uma equipe de peritos. E o risco é generalizado, já que ele não se limita a empresas e bancos, mas também a computadores pessoais, os quais podem ser acessados através de um simples download de uma música ou de um filme. Para os especialistas, esse vírus é tão poderoso que poderia pôr em risco o sistema financeiro mundial, congelando, de uma hora para outra, a economia de todos os países.

É claro que ainda não se sabe qual é o objetivo final dos hackers que estão por trás do Criptolocker, nem se um caos financeiro dessa magnitude lhes traria algum benefício.

Fonte e imagens: Huffington Post, BBC, KrebsOnSecurity e PCWorld.

SEGURANÇA

Os rapazes andam em um ritmo diferente quando um cliente lhes apresenta um tambor da Guerra Civil. Depois, um homem chega à loja com um uniforme de um dos primeiros clubes de motocicleta dos Estados Unidos. Mais tarde, quando o segurança da loja tem que tirar uns dias fora, Chumlee se oferece para ficar no seu lugar. Será que Rick vai aceitar este risco?