Todos os horários
02.Aug.1886

Nasce Octávio Guinle, fundador do luxuoso hotel Copacabana Palace

No dia 2 de agosto de 1886 nascia, no Rio de Janeiro, o empresário Octávio Guinle, uma das figuras mais célebres da então capital do Brasil. 

Seu maior legado foi a fundação do mundialmente famoso Copacabana Palace, em 1923. Eleito diversas vezes o melhor hotel da América do Sul pela World Travel Award, o local sempre representou luxo e sofisticação.

Octávio Guinle ajudou a gravar o nome da família na história brasileira. Tudo começou com pai, Eduardo Pallasim Guinle, em 1870, com um armazém no Rio. Os negócios da família se diversificaram para a construção de ferrovias, estradas e o setor imobiliário. A grande virada veio com a concessão para a fundação da Companhia Docas de Santos, cujos lucros fizeram dos Guinle uma das famílias mais ricas do Brasil. Desta maneira, Octávio já nasceu no meio da riqueza. 

Seu grande feito, a fundação do Copacabana Palace, ocorreu por solicitação do presidente Epitácio Pessoa, que queria um grande hotel como parte das celebrações do centenário da independência do país. A obra demorou mais do que o previsto para ser inaugurada e enfrentou várias dificuldades, como as ressacas do mar do Rio de Janeiro. No entanto, foi inaugurada com toda a pompa para sua época e tornou-se um símbolo do luxo, elegância e glamour. Não demorou muito e por ali passaram reis, rainhas, celebridades, políticos e milionários - o hotel também possuía um cassino.

Em 1938, Octávio converteu um dos vastos salões do Copacabana Palace no Golden Room, um dos principais espaços para apresentações musicais da época. Em 1946, ele fundou o Bife do Ouro, restaurante de luxo que também funcionava no hotel. O local ainda chegou a abrigar o mais bem equipado teatro da cidade.  Ao morrer, em 14 de maio de 1968, Octávio deixou três filhos, Octávio Júnior, José Eduardo e Luiz Eduardo (pai da atriz Guilhermina Guinle). 



Imagem: Hotel Copacabana Palace [Domínio público], via Wikimedia Commons

26.Jul.1974

Nasce a atriz Guilhermina Guinle

A atriz Gulhermina Guinle nasceu no Rio de Janeiro, no dia 26 de julho de 1974. A artista vem de uma das famílias mais tradicionais da cidade. Seu avô, Octávio, fundou o célebre hotel Copacabana Palace.

Sua estreia na teledramaturgia ocorreu em 1996, na novela Antônio Alves, Taxista, do SBT. Em 2003 ela faz seu primeiro trabalho na Globo, na novela Mulheres Apaixonadas. Nos anos seguintes, estrelou em diversas obras da emissora, como as novelas Caras & Bocas, Ti Ti Ti e Êta Mundo Bom, e os seriados Minha Nada Mole Vida e Casos e Acasos.

Guilhermina foi casada com o ator e cantor Fábio Júnior entre 1993 e 1998. No ano seguinte, se casou com o ator José Wilker, com quem permaneceu até 2006. Entre 2007 e 2011, foi casada com o também ator Murilo Benício. Em 2013, teve sua primeira filha, Mina, fruto de seu relacionamento com o advogado Leonardo Antonelli (irmão de sua colega Giovanna Antonelli).

 


 

Imagem: TV Globo/Divulgação

20.May.1960

Morre o empresário Guilherme Guinle

No dia 20 de maio de 1960 morria, no Rio de Janeiro, o empresário e filantropo Guilherme Guinle, considerado, na primeira metade daquele século, um dos homens mais importantes do Brasil, com extensa folha de serviços públicos prestados ao país.

Nascido no Rio de Janeiro, em 27 de janeiro de 1882, sua família tem origem na imigração francesa, mais exatamente com o patriarca Eduardo Palassim Guinle, nascido em Porto Alegre. Ele se casou com  Guilhermina Coutinho da Silva (1854 - 1925), de origem hispano-uruguaio e descendente de italianos. O pai de Guilherme e o sócio Cândido Gaffrée conseguiram em 1982 uma concessão da Companhia Docas de Santos, primeira sociedade aberta do país, criada para operar o maior porto brasileiro.

A família obteve o monopólio e depois realizou a modernização e a operação do porto de Santos ao longo de 92 anos. Com a morte do pai em 1912, Guilherme Guinle assumiu, em 1918, a presidência da Companhia Docas de Santos, cargo que ocuparia por toda a sua vida.

Guilherme Guinle formou-se engenheiro civil pela Escola Politécnica do Rio de Janeiro, em 1905. Depois, morou na Bahia e envolveu-se na construção de usinas hidrelétricas. De volta ao Rio, fundou o Banco Boavista. Ao longo de sua vida, dedicou-se à atividades filantrópicas e organizou a Fundação Gaffrée Guinle.

Durante a década de 30, realizou investimentos na exploração de petróleo e, durante o Estado Novo (1937-1945), foi vice-presidente do Conselho Técnico de Economia e Finanças do Ministério da Fazenda. Na década de 40, Guinle foi escolhido pelo presidente Getúlio Vargas para presidir a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). Ficou no posto até 1945, mas permaneceria como membro do conselho consultivo da empresa até seus últimos dias.

 


 

Imagem: Domínio público

13.Aug.1923

É inaugurado o hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro

No dia 13 de agosto de 1923 era inagurado, no Rio de Janeiro, o famoso Copacabana Palace, um luxuoso hotel localizado em frente à Praia de Copacabana. Com 11 mil metros quadrados, o local é conhecido por hospedar celebridades e pela realização de badalados eventos sociais. Eleito diversas vezes como o melhor hotel da América do Sul pela World Travel Award, o Copacabana Palace foi construído pelo empresário Octávio Guinle e Francisco Castro Silva entre 1919 e 1923. O objetivo inicial do hotel era atender uma solicitação do então presidente Epitácio Pessoa, que desejava um grande hotel de turismo na então capital do país para ajudar a hospedar o grande número de visitantes esperados para a grande Exposição do Centenário da Independência do Brasil. Para a obra foram concedidos incentivos fiscais e uma licença para o funcionamento de um cassino. Em 1989, a família Guinle vendeu o hotel ao grupo Orient-Express Hotels, que modernizou antigas instalações do Copacabana Palace sem descaracterizar o prédio.

 


Imagem: Charlesjsharp (Own work) [CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons