APPLE

Steve Jobs

Steven Paul Jobs foi um inventor, empresário e magnata norte-americano do setor da informática. Foi co-fundador, presidente e diretor executivo da Apple. Ele nasceu em 24 de fevereiro de 1955 em San Francisco, Califórnia, nos Estados Unidos. Quando ainda era um bebê, seus pais, Carole Schieble e Abdulfattah Jandali, estudantes universitários, o entregaram para adoção para Paul e Clara Jobs.

 

Stephen Wozniak

Você quer ficar o resto da sua vida vendendo água com açúcar ou você quer uma chance de mudar o mundo?

Durante o ensino médio, Jobs começou a visitar a empresa Hewlett Packard, em Palo Alto, para participar de conferências que eram realizadas depois da escola. Acabou contratado pela empresa durante as férias de verão. Lá, conheceu Stephen Wozniak, que alguns anos mais tarde, por volta de 1974, ajudaria Jobs a encontrar o seu primeiro trabalho no campo da informática na Atari. Em 1976, depois de reunir algum dinheiro com a venda de sua van, Jobs formou uma sociedade com Wozniak para fundar a Apple Computer, que funcionou, originalmente, na garagem da família Jobs.

 

Macintosh

Os botões do Mac OS são tão bem-feitos que você vai querer lambê-los.

Em 1977, eles desenvolveram o modelo do computador Apple II, que foi uma verdadeira revolução no mercado eletrônico, o que tornou Steve Jobs um bilionário. Em 1984, a Apple lançou o computador Macintosh, equipado com o mouse e gráficos baseados em um revolucionário sistema operacional, o que representou o primeiro computador pessoal de fácil uso para o usuário, independentemente do seu conhecimento.

Trocaria, se pudesse, toda minha tecnologia por uma tarde com Sócrates.

Apesar do sucesso, os problemas entre os diretores da Apple levou Steve Jobs a pedir demissão para fundar uma nova empresa que ele chamou de NextStep. Com o objetivo de atuar na indústria do entretenimento eletrônico, Jobs adquiriu a divisão de animação da Lucas Film e, em 1986, nascia a Pixar Studios, outra empresa que marcou uma era na indústria do cinema.

 

Retorno à Apple

Decidir o que não fazer é tão importante quanto decidir o que fazer.

Em 1996, a Apple sentiu o peso da competição com a Microsoft e comprou a NextStep. Jobs voltou à empresa que ele criou, desta vez como consultor e de forma voluntária, sem remuneração. Em 1997, retomou à liderança da Apple e, desde então, com realizações, como o iMac, iPhone, iPod e o iPad, a Apple tem se reposicionado como uma das empresas líderes no mundo em seu setor. Steve Jobs morreu em 5 de outubro de 2011, como resultado de insuficiência respiratória em decorrência de câncer pancreático, descoberto em 2004. Tanto o mundo da informática como os milhões de usuários da Apple ao redor do mundo fizeram luto por conta da morte de Jobs. Seu nome agora faz parte do seleto grupo dos grandes visionários da história da humanidade.