Charles Lamb

Charles Lamb

Charles Lamb foi um escritor Inglês e ensaísta, mais conhecido pelas obras Essays of Elia e seu livro para crianças Tales from Shakespeare, que produziu com sua irmã, Mary Lamb (1764-1847). Charles Lamb nasceu no dia 10 de fevereiro de 1775, em Londres, e morreu no dia 27 de dezembro de 1834, também na capital inglesa. Ele foi filho de John Lamb, que trabalhou como assistente de um advogado durante a maior parte de sua via, e de Elizabeth Field.

As riquezas são, essencialmente, boas porque elas nos dão tempo.

Sentimentalmente, estou disposto a harmonia, mas, organicamente, sou incapaz de uma melodia.

Entre as obras que escreveu, também há destaque para uma série de poesias. Ele ainda fazia parte de um círculo literário na Inglaterra, juntamente com Samuel Taylor Coleridge e William Wordsworth, de quem Charles Lamb era amigo.

Uma tragédia familiar iria trazer consequências para Chales Lamb durante toda a sua vida. A sua irmã, Mary, em um acesso de loucura esfaqueou e matou a mãe. Para evitar que a irmã fosse encarcerada pelo resto da vida, Charles aceitou tornar-se responsável por ela e providenciar tratamento para seus problemas mentais.  

 

Infância e colégio interno

Charles era o filho mais novo da família. Sua irmã Mary era 11 anos mais velha e ambos tiveram uma relação bem próxima desde pequenos. Seu irmão John, era muito mais velho, e não houve uma grande proximidade entre eles. Charles mais tarde foi estudar na Christ's Hospital, uma escola interna, que ficou conhecida pelos relatos de violência e brutalidade sofridos pelos estudantes.

Acreditar em tudo é a fraqueza do homem, mas a força da criança.

Depois que terminou o ensino médio, Charles não conseguiu assegurar sua vaga em Cambridge - caminho de muitos dos seus colegas - e deixou a escola aos 14 anos. Finalmente, se estabilizou em um emprego no escritório de contabilidade da Companhia Britânica das Índias Ocidentais. Trabalhou ali por 25 anos até se aposentar.

Charles Lamb estreou na literatura em 1797 com o livro "Poemas em Verso Branco", publicado em colaboração com amigos. A sua popularidade, contudo, veio com os livros como "Rosamund Gray", "A Velha Margarida Cega", "John Woodwil", "Mr. H", "Falácias Populares", entre outros.

 

Tragédia familiar

Advogados, suponho, foram crianças uma vez.

Além dos seus livros, um outro fato chama atenção na sua vida. Em 22 de setembro de 1796, uma súbita loucura atacou sua irmã Mary, que matou a própria mãe. Charles não deixou que ela fosse para o manicômio e dedicou sua vida para a recuperação da irmã. Desta maneira, ele nunca se casou ou teve algum relacionamento mais longo. Sua irmã, quando possível, ajudava Charles com obras infantis. Após sua morte, em dia 27 de dezembro de 1834, em Londres, Mary viveu ainda outros 13 anos.

 

Legado

É bom amar o desconhecido.

As obras de Lamb não são amplamente lidas nos tempos modernos. Por causa de sua notoriamente peculiar, mesmo bizarro, ele tem sido mais um "cult" do que um autor com apelo popular.