ANTOINE DE SAINT-EXUPÉRY

Antoine de Saint-Exupéry

Antoine de Saint-Exupéry, batizado como Antoine-Marie-Roger de Saint-Exupéry, foi um aviador francês, ilustador e escritor, que ficou mundialmente conhecido pela autoria da fábula O Pequeno Príncipe. O livro foi publicado pela primeira vez em francês, no ano de 1943. Seus textos são consequência de reflexões profundas de índole humanista e de crítica à cultura. Entre suas novelas sobressaem Voo Noturno e O Correio do Sul.

Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.
(O Pequeno Príncipe)

Saint-Exupéry nasceu no dia 29 de junho de 1900, em Lyon, na França, e morreu enquando fazia uma missão de reconhecimento, no dia 31 de julho de 1944, quando foi abatido próximo de Marselha, também na França, durante a Segunda Guerra Mundial. Seu corpo nunca foi encontrado. Ele era o terceiro filho do conde Jean Saint-Exupéry e da condessa Marie Foscolombe.

Apesar de sua origem aristocrática, a família de Saint-Exupéry havia empobrecido. Apaixonado por mecânica, ele falhou nos exames para admissão à École Navale e decidiu cursar arquitetura por algum tempo na École des Beaux-Arts.

Aqueles que passam por nós não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.

Em 1921, ingressou na força aérea da França. Em suas missões, passou pelo Marrocos, América do Norte e retornou à Europa. O aviador e escritor tambem passou pela América do Sul quando pilotava pela empresa de correios Aéropostale. Ele fez alguns pousos em Florianópolis, capital de Santa Catarina, entre 1928 e 1930. Sua história pelo Brasil foi documentada em “Saint-Exupéry a Zeperri”, dirigido por Branca Regina Rosa.

Depois de décadas de mistério sobre a sua morte, no ano de 2012, o alemão Horst Rippert, então com 88 anos, assumiu ter sido o autor dos disparos que abateram o avião de Saint-Exupéry, que pilotava um "Lightning 38". Saint-Exupéry havia decolado da base, na Córsega, para uma missão de reconhecimento de terreno. Em entrevista, Rippert lamentou ter derrubado o avião conduzido pelo escritor autor de um clássico de sua época.

 



Imagem: Agence France-Presse [Domínio público], via Wikimedia Commons