Filtrar

Login

O inicia sesion con...

History Logo
Aplicar

HOJE É O ANIVERSÁRIO DE: 0

El envio se ha realizado con éxito

Cerrar
Enviales que paso el día de tu cumple
  • Josefina Maier
  • Stanislas Wawrinka
  • Alejandro Giardino
  • Paul Simonon
  • Joe Strumer
Enviar

janeiro 2017

05 de janeiro

Dona Maria I de Portugal promulga alvará que proíbe proliferação de indústrias no Brasil

05-01-1785

No dia 5 de janeiro de 1785, durante o reinado de Dona Maria I, foi promulgado um alvará que proibia a atividade industrial no Brasil. De acordo com Dona Maria, a proibição foi necessária porque a instalação de fábricas e manufaturas no...Ler mais

No dia 5 de janeiro de 1785, durante o reinado de Dona Maria I, foi promulgado um alvará que proibia a atividade industrial no Brasil. De acordo com Dona Maria, a proibição foi necessária porque a instalação de fábricas e manufaturas no Brasil iria afetar a oferta de mão de obra da agricultura e da extração de minérios, como ouro e diamantes. A produção têxtil só seria permitida para fabricação de vestuário dos escravos e sacos para empacotamento. Quem desobedecesse a ordem sofreria pesadas multas. O alvará foi revogado em 1º de abril de 1808 por D. João.Foi no reinado de Dona Maria que ocorreu a execução do alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. No Brasil, ela ficou conhecida como Dona Maria, a Louca ou Maria Louca por causa da doença mental que manifestou nos últimos 24 anos de vida. Ela morreu em 20 de março de 1816, aos 81 anos, no Rio de Janeiro.   Imagem: Thomas Hickey (1741–1824) / Giuseppe Troni (1739-1810) [Domínio público], via Wikimedia Commons

leer menos

É assassinado o "Bandido da Luz Vermelha", um dos criminosos mais conhecidos do Brasil

05-01-1998

Depois de cumprir 30 anos na prisão por conta do seu pesado passado de crimes, João Acácio Pereira, de 55 anos, mais conhecido como "Bandido da Luz Vermelha", foi assassinado em 1998, com um tiro de espingarda, durante uma briga com o pescador...Ler mais

Depois de cumprir 30 anos na prisão por conta do seu pesado passado de crimes, João Acácio Pereira, de 55 anos, mais conhecido como "Bandido da Luz Vermelha", foi assassinado em 1998, com um tiro de espingarda, durante uma briga com o pescador Nelson Pinzegher, em Joinville (SC). Sua morte ocorreu quando ele estava há 4 meses e 20 dias em liberdade. Ele foi o primeiro brasileiro a cumprir 30 anos de prisão. O pescador alegou legítima defesa e, sete anos mais tarde, foi absolvido. O enterro de João Acácio foi financiado pela Prefeitura de Joinville. Só um irmão compareceu.

Nascido em 24 de junho de 1942, em Joinville, João Acácio viveu em torno do crime desde criança, cometendo pequenos delitos. No final da adolescência, passou a viver em Santos e daí pra frente foram assaltos, assassinatos e tentativas de homicídios. A essa altura, tinha uma série de obsessões, entre eles com a cor vermelha, que ele associava à força demoníaca. Aos 25 anos, era personagem famoso da crônica policial brasileira. Foi preso e condenado a 351 anos de cadeia. Durante 30 anos, recebeu poucas visitas. Sua história já foi contada duas vezes no cinema - "O Bandido da Luz Vermelha" e "Luz nas Trevas - A Volta do Bandido da Luz Vermelha" - e também em programas policiais da TV, como o Linha Direta.

 


Imagem: Shutterstock.com

 

leer menos

Terremotos sacodem a cidade de Masaya, na Nicarágua

05-01-1906

Em 5 de janeiro de 1906, a cidade de Masaya, na Nicarágua, foi sacudida por um terremoto de intensidade de destruição de 5,6 na escala Richter, com o epicentro no Valle de La Laguna de Apoyo e, depois, no final do dia seguinte, por outro...Ler mais

Em 5 de janeiro de 1906, a cidade de Masaya, na Nicarágua, foi sacudida por um terremoto de intensidade de destruição de 5,6 na escala Richter, com o epicentro no Valle de La Laguna de Apoyo e, depois, no final do dia seguinte, por outro terremoto com origem embaixo da própria cidade, com intensidade de 4,7 E-4, menos destrutivo providencialmente por estar nas falhas do subsolo a cinco quilômetros de profundidade. Nos locais com menos consequências, houve, no mínimo, deslizamento de telhas ou fissuras em paredes e muros de concreto. Pela disseminação desses danos, deduz-se que as falhas entraram na cidade pelas serras de Monimbó, e partir daí se ramificaram por toda a cidade em formas lineares, quebradas, curvas e ziguezagueantes. De Monimbó dirigiu-se até as áreas de San Juan, Siete Esquinas, Parque Central, San Jerônimo, Coyotepe, San Sebastián, La Reforma, Estación, Carretera, Pancasán, San Miguel, El Calvario e partes orientais.

 

 


 

Imagem: Eln1coya [Domínio público], via Wikimedia Commons

leer menos

Páginas

Vídeos

Loading